Pela terceira perimetral

Você não gosta de errar e prefere um caminho que te leve direto ao ponto?

A terceira perimetral, com suas 3.498 sinaleiras, é uma opção segura (embora ligeiramente irritante). As instruções são muito simples. Siga-a até o fim, que é a Avenida Eduardo Prado. Na rótula, pegue à esquerda na Avenida Juca Batista e siga sempre. Você tem duas opções na grande bifurcação da Av. Edgar Pires de Castro: dobre à direita e siga por Belém Novo (vide rota A) ou sempre em frente. Se optar por Belém, lembre-se de virar à esquerda na única sinaleira do bairro. Se optar pela Edgar Pires de Castro, é só seguir “toda vida” até o Lami, e de lá até Itapuã. 

DICA: No Lami, você pode zerar seu hodômetro no Posto do Lúcio (BR), que fica à sua esquerda. Siga sempre em frente. São mais 12 quilômetros até o próximo posto, que marca a entrada de Itapuã.

 

em itapuã

Você saberá que chegou a Itapuã quando encontrar o Posto Ipiranga e o Restaurante da Vó, depois de uma curva e de uma pequena ponte. Agora zere o hodômetro e siga direto por mais 4,5 km em direção ao Parque Estadual. Não entre na vila. Mantenha-se fiel ao asfalto que te trouxe até aqui. Findos os 4,5 km, você verá do seu lado direito um portão de madeira com uma parada de ônibus bem na frente. Número 4100. Lembre-se: é antes do fim do asfalto.

Ufa. É aqui.

Digite o código de acesso que você recebeu ao finalizar a reserva. Não esqueça da letra E no final, de “entrar”. O portão fecha automaticamente.

Siga pela estrada até a beira do rio. Bem vindo!

É um prazer te receber!